Notícias

1 14/11/2019 09:00

Foram registradas, até o dia 2 de novembro, 710 mortes por dengue este ano no Brasil, conforme novo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde. O número é 5,4 vezes maior que as 132 mortes registradas no mesmo período do ano passado. Outros 371 óbitos estão em investigação. O Estado de São Paulo já teve confirmados 256 óbitos este ano, segundo a pasta - no mesmo período de 2018, tinham sido apenas 6 mortes.

No País, no período, houve notificação de 1,5 milhão de casos prováveis de dengue, o que representa 716 casos a cada 100 mil habitantes. No ano passado, eram 223,9 mil casos - 107,4 por 100 mil. Em São Paulo, este ano, foram 442,2 mil, coeficiente de 963,1 casos por 100 mil moradores. No mesmo período de 2018, eram 15,2 mil casos - 33,5 por 100 mil habitantes.

Em 20 dias, desde o último levantamento, foram notificados 15,2 mil novos casos e 21 mortes por dengue no País, o que levou o Ministério da Saúde a fazer um apelo à população para continuar, de forma permanente, a mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, que também transmite a chikungunya e a zika. "O período de verão é o mais propício à proliferação do mosquito por causa das chuvas e, consequentemente, é a época de maior risco de infecção. No entanto, a recomendação é não descuidar nenhum dia do ano e manter todas as posturas possíveis em ação para prevenir os focos", informou.

Estadão







Av. Governador Lomanto Júnior - Edifício União Empresarial Center, nº 23 - Centro - Amargosa/BA.
Tel.: (75) 3634-3239 | 9 9803-1023 (Whatsapp) - Vale a pena ouvir!
© 2010 - Rádio Vale FM - Todos os direitos reservados.