últimas notícias

Notícias

1 11/07/2019 08:10

Doadores regulares de sangue estão prestes a ganhar o direito de meia-entrada em eventos de entretenimento. Isso porque a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou nesta quarta-feira (10) um projeto que concede o benefício a quem fez, no mínimo, três doações nos 12 meses anteriores.

O texto altera a Lei da Meia-Entrada, de 2013, para determinar que "também farão jus ao benefício da meia-entrada os doadores regulares de sangue que comprovem, por meio da apresentação de documento oficial de identidade e de carteira de doador emitida por entidade autorizada pelo Poder Público, a realização de um mínimo de três doações em um período de doze meses".

Atualmente, tem direito à meia-entrada estudantes, idosos, pessoas com deficiência (incluindo acompanhantes) e jovens de 15 a 29 anos de baixa renda.

O autor da proposta, Fabiano Contarato (Rede-ES), argumentou que o Estado precisa incentivar a doação de sangue. Nos estados do Espírito Santo, Santa Catarina e no Paraná a iniciativa já existe. 

No limite

Para obter o benefício os cidadãos precisarão chegar perto, ou atingir no caso das mulheres, o limite de doações anuais. Isso porque os homens podem doar sangue quatro vezes por ano, com um intervalo de 60 dias entre as retiradas. Já o espaçamento para o caso das mulheres é de três vezes ao ano, com uma diferença de 90 dias.

Correio







Av. Governador Lomanto Júnior - Edifício União Empresarial Center, nº 23 - Centro - Amargosa/BA.
Tel.: (75) 3634-3239 | 9 9803-1023 (Whatsapp) - Vale a pena ouvir!
© 2010 - Rádio Vale FM - Todos os direitos reservados.