Notícias

1 10/12/2019 10:44

Ao que tudo indica, o caso do latrocínio ocorrido na noite da última sexta-feira (06), em uma fazenda no município de Camacan, foi elucidado com a prisão do terceiro suspeito de envolvimento no crime.

José Soares da Silva Júnior mais conhecido como “neguinho”, de 23 anos, estava escondido em uma casa próximo a rodoviária de Camacan, o homem foi preso as 21:00 horas desta segunda-feira (09), pelo Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO 62).

O homem já estava sendo procurado pela polícia desde que saiu do presidio de Teixeira de Freitas no indulto do dia dos pais e não retornou a unidade prisional, José Soares cumpria pena por tráfico de drogas e homicídios.

Um dia antes, Domingo (8), a polícia civil de Itabuna ouviu Felipe Jesus Santos, de 18 anos, outro envolvido no crime. Felipe Jesus disse em depoimento à polícia que já conhecia o local pois trabalhou na fazenda como meeiro por três dias.

Os dois suspeitos afirmaram as autoridades policiais que os disparos que tirou a vida da nutricionista Luma Layne foram efetuados por Marcionílio popular “Gongão”, este foi o primeiro a ser encontrado pela polícia, Gongão estava escondido em São João do Panelinha e morreu em confronto com a polícia no sábado (7).

 

Da redação.







Av. Governador Lomanto Júnior - Edifício União Empresarial Center, nº 23 - Centro - Amargosa/BA.
Tel.: (75) 3634-3239 | 9 9803-1023 (Whatsapp) - Vale a pena ouvir!
© 2010 - Rádio Vale FM - Todos os direitos reservados.