Notícias

1 15/05/2019 14:26

Almeida foi denunciado por suposta improbidade administrativa

A Câmara Municipal de Vereadores Canavieiras, aceitou por seis votos a quatro na manhã desta terça-feira (14), pedido de impeachment (cassação de mandato) do prefeito de Canavieiras, Dr. Almeida (PPS). O pedido foi protocolado pelo advogado Élio Pereira de Souza.

No documento, o bacharel denuncia Almeida pelo crime de improbidade administrativa, com base no Art. 9 e 10 da LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992, pelo suposto pagamento indevido a empresa Carvalho Santos Comercial e Serviços LTDA-ME (CORSAN), no valor de R$ 245.250,00 (duzentos e quarenta e cinco mil duzentos e cinquenta reais), de setembro de 2017 a maio de 2018, pela prestação de serviço de remoção e acomodação de excedente de lixo no lixão situado na região conhecida como KM 21 da rodovia Canavieiras/ Santa Luzia.

Ainda segundo a denúncia, a empresa contratada deveria fornecer dois tratores de esteira, um com escarificador e outro com ripper, porém somente uma das máquinas teria realizado o seserviço, mesmo assim, não totalizando uma jornada de trabalho superior a 30 horas, diferente do constatado na prestação de conta junto ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que é de 811 horas. As duas máquinas teriam custato ao município cerca de R$ 537,930,00 (quinhentos e trinta e sete mil novicentos e trinta reais).

Votaram nominalmente pela admissibilidade do processo os vereadores: Cleonildo Tibúrcio (PDT), Tiago Medrado (PROS), Caboclo do Esporte (PTC), Alex Cn Bike (PPS), Nilton Nascimento (PSD) e Jorge Garcia (MDB). Votaram contra: Cacá (PP), Cosminho (PEN), Cosme Anão (PSDC) e Ricardo Dantas (PSDC).

Na mesma sessão, através de sorteio foi criada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) composta pelos vereadores Cleonildo Tibúrcio (presidente), Ricardo Dantas (relator), e Nilton Nascimento (membro), para apuração do pedido. Os edis terão até 120 dias para elaborar um relatório analisando a denúncia. Esse relatório será, então, votado pelo Plenário da Câmara. Se o documento for aprovado, Almeida é afastado do cargo de prefeito de Canavieiras.

Nos bastidores da política, comenta-se que Dr. Almeida tem perdido força e representatividade não só junto aos eleitores, mas também aos aliados na câmara; na semeada passado o chefe do executivo foi derrotado em plenário por nove votos a um no processo que pedia a cassação do presidente do legislativo, Paulo Carvalho. O vereador é apontado como futuro pré-candidato e adversário de Almeida nas eleições municipais de 2020.

 

 

Costa Sul FM







Av. Governador Lomanto Júnior - Edifício União Empresarial Center, nº 23 - Centro - Amargosa/BA.
Tel.: (75) 3634-3239 | 9 9803-1023 (Whatsapp) - Vale a pena ouvir!
© 2010 - Rádio Vale FM - Todos os direitos reservados.