últimas notícias

Notícias

1 17/02/2019 23:48

De acordo com reportagem do Estadão, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que enfrenta uma crise, deverá ter uma baixa em seus quadros.

Os filhos do mandatário já avaliam deixar o barco, já que a legenda enfrenta suspeitas de desvio de verba pública – por meio de candidaturas “laranjas” nas eleições do ano passado.

O novo alvo dos filhos de Bolsonaro seria um partido que está em fase de criação e pretender ser uma reedição da antiga União Democrática Nacional (UDN).

A reportagem cita três fontes ouvidas pela reportagem em caráter reservado. Conforme a apuração, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se reuniu na semana passada em Brasília com dirigentes da sigla para tratar do assunto.

Ele teria urgência em trocar de legenda. Com esse movimento, a família Bolsonaro buscaria se preservar diante do desgaste do partido.

A nova UDN é um dos 75 partidos em fase de criação, conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O dirigente da sigla, o capixaba Marcus Alves de Souza, informou ao Estadão que os apoiadores já reuniram 380 mil assinaturas para homologação do partido. São necessárias 497 mil. O partido já conta com CNPJ e diretórios em nove Estados, como exige a legislação eleitoral para a homologação.







Av. Governador Lomanto Júnior - Edifício União Empresarial Center, nº 23 - Centro - Amargosa/BA.
Tel.: (75) 3634-3239 | 9 9803-1023 (Whatsapp) - Vale a pena ouvir!
© 2010 - Rádio Vale FM - Todos os direitos reservados.